Porque você nunca deveria parar de ler (e atualizar o seu blog)

Postado por - quarta-feira, julho 17, 2019

Foto do livro que é minha leitura atual: Frankenstein, edição da DarkSide Books
Faz quase 01 ano que eu não posto nada aqui. Perdi o domínio (melivrando.com) e a vontade de escrever. Em setembro, que está bem próximo, já posso assoprar as velinhas do bolo de aniversário de esquecimento do blog do MeL. Porém, antes de ser obrigada a assoprá-las, decidi vir aqui e fazer voar longe as teias de aranha que se acumularam após todos esses meses.
É um dia triste aquele em que você se rende à "modernidade" e deixa de lado algo que amava tanto fazer. Eu não estou falando apenas de escrever aqui, mas também o próprio hábito da leitura. A vida adulta (que é cruel) me obrigou a esquecer os mundos de fantasia e focar na realidade - e mais precisamente, nos estudos. Consegui concluir a graduação e passar na famigerada prova do Exame de Ordem (quem é de Direito sabe a pressão em torno dela). E agora?! Eu começo a trabalhar e foco em ganhar dinheiro, conseguir estabilidade e seguir toda aquela cartilha na qual somos treinados desde quando abrimos os olhos pela primeira vez?!
Doeu muito quando eu percebi que a leitura já não me empolgava tanto como antes. Já estamos além da metade de 2019 e eu não devo ter terminado nem cinco livros. Por diversas vezes tentei me forçar a ler, mas como tudo que se torna obrigação, a leitura tornou-se algo que eu tentei evitar ao máximo. Então os livros ficaram ali nas prateleiras, tão bonitos e tão empoeirados.
Essa semana, entretanto, algo mudou. Por algum motivo que desconheço, decidi conversar com as pessoas através do Instagram sobre sonhos deixados de lado e a razão de eles terem sido ignorados até agora. Alguns, é claro, encontraram óbice na falta do dinheiro - um bem tão almejado por todos nós, que certamente não compra a felicidade, mas compra várias coisas que nos deixam felizes. Outros sonhos, porém, tão tangíveis, são ignorados e limitados pela própria mente. 
E aí eu lembrei de mim, lá em 2015, quando o blog começou e eu estava tão empolgada. Lembro que o quanto amava escrever aqui, responder os comentários, fazer as resenhas, expor minha opinião sobre todas as histórias que me encantavam. Por que parei? Porque a vida quis assim (e eu também, vai, não vou me isentar). Só que eu senti falta. Senti falta de me aventurar, de conhecer novos personagens, de viajar para países e mundos distantes sem sair do meu quarto. Como não ter saudades daquela sensação maravilhosa provocada pela conclusão de um livro fantástico? Como eu, que já li livros como O Nome do Vento, Harry Potter, As Crônicas de Nárnia e A Guerra dos Tronos, poderia ficar sem jamais me refugiar nas páginas de um livro novamente? Uma existência em que eu nunca mais sentisse tudo o que a leitura já me proporcionou seria uma existência vazia, de certa forma.
Bem, o que sei que é a minha vontade de ler voltou, e a vontade de escrever por aqui também. Por que deixar de lado algo que me fazia tão bem? Eu sinto que esse tempo em que estive fora, me perdi em mim mesma. Mas agora eu me encontrei e não poderia estar mais feliz.
E você, já encontrou a si mesmo nos últimos tempos?





Você também pode gostar de:

0 comentários